Ligados na Evangélica 30 de agosto de 2020

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on pinterest
Share on twitter
Share on email
Share on print

Uma leitura inesquecível

Ler o livro de Gálatas foi uma experiência enriquecedora para a nossa fé nesses dias onde ouvimos tantas vozes distoantes da verdade, tantos discursos cheios de arrogância e prepotência.

É sempre um tempo propício para revisitarmos as bases que solidificam as nossas crenças mais profundas. E isso com certeza pudemos fazer ao ler esse livro do apóstolo Paulo.

Vimos a verdadeira essência libertadora do evangelho de Jesus Cristo, e diante de tudo o que aprendemos, resta-nos confiar no direcionamento, sempre certeiro, do Espírito Santo de Deus para com as nossas vidas.

Risonaldo Júnior

Avisos

Live Devocional Encontros com Deus

De seg à sab, 12h30

Ao vivo transmitido pelas Redes Sociais:

Culto Vida na Palavra

2/9, quarta-feira, 19h30

Culto Presencial, também transmitido pelas Redes Sociais:

Live Bora Conversar

Sobre Cuidados com a Alimentação
3/9, quinta-feira, 19h

Ao vivo transmitido pelas Redes Sociais:

Culto da Juventude

5/9, sábado, 19h30

Culto Presencial

Celebração de Domingo

6/9, 18h

Culto Presencial, também transmitido pelas Redes Sociais:

Contribua com a Ação Social IEBSR

Traga a sua doação de alimentos aos Cultos

Conta Bancária para Contribuição

Banco: Caixa Econômica Federal
Agência: 1010
Operação: 013
Conta: 1082-0
Titular: Igreja Evangélica Batista de João Pessoa

Próximos Aniversariantes

Devocional Encontros com Deus

31/8, segunda-feira

Cristo vive em mim
Gl 2.19-21

Rm 6:6; 2Co 5:15; 1Ts 5:10; 1Pe 4:2

Resumo do Livro de Gálatas

Capítulo 1
Só há um verdadeiro Evangelho. Maldito é todo o que prega outro Evangelho.
A autoridade apostólica vem de Deus. Paulo é um apóstolo de Jesus Cristo

Capítulo 2
Não devemos renunciar à liberdade que Cristo conquistou para satisfazer práticas religiosas que conduzem à autojustificação.
Em Cristo, estamos mortos para a Lei, a fim de viver para Deus. Agora, Cristo vive em nós, não vivemos mais para nós mesmos.

Capítulo 3
A bênção de Deus vem a nós pela fé nEle e em sua Palavra, e isso sempre foi assim.
A Lei não invalida a promessa de Deus, pois não foi dada como uma forma de salvação.
A Lei tem o propósito de esclarecer que todos estão debaixo do pecado.

ORE POR:
- Pr. Júnior e Kamila;
- Pr. Tomaz e Sônia;
- Miss. Jhammilly Santos Bezerra - Radical Cristolândia;
- Miss. Kamel Quaresma - São Tomé e Príncipe;
- Adolescentes grávidas;
- Entidades de Apoio às Pessoas com Deficiência

LEIA MAIS A BÍBLIA:

1/9, terça-feira

Liberdade
Gl 5.1,13

Jo 8:32; Rm 6:18; 1Pe 2:16; 1Co 8:9; 9:19

Resumo do Livro de Gálatas

Capítulo 4
Deus enviou seu Filho para nos redimir da lei e nos adotar como filhos, e enviou o seu Espírito aos nossos corações para confirmar isso.
Em Cristo, conhecemos a Deus e somos os conhecidos dEle. Não devemos voltar à escravidão.
Quem quer estar debaixo da Lei permanece escravo. A liberdade é o acesso à promessa de Deus pela fé em seu caráter e em sua Palavra.

Capítulo 5
Permaneçam firmes na liberdade que Cristo nos deu. Não voltem à escravidão.
A Liberdade não deve ser utilizada para satisfazer a vontade da carne, mas para servir e amarmo-nos uns aos outros.
Vivam pelo Espírito, e de modo nenhum satisfarão os desejos da carne. O Espírito e a carne são completamente opostos e auto excludentes.
As obras da carne são manifestas e os que as praticam não herdarão o Reino de Deus.
Não há Lei contra o fruto do Espírito. Quem pertence a Cristo crucificou a sua carne. Quem vive pelo Espírito deve andar pelo Espírito.

Capítulo 6
A Lei de Cristo é ajudarmos e cuidarmos uns dos outros.
O que importa é ser uma nova criação e levar no corpo as marcas de Jesus.

ORE POR:
- Moisés e Família;
- Pr Raul e Zanza (Rep. Dominicana);
- Miss. Jessica Evangelista dos Santos - Radical Cristolândia;
- Miss. Karell David Lescaille Acosta - Colômbia;
- Fim da criminalidade entre os adolescentes;
- Presos

LEIA MAIS A BÍBLIA:

2/9, quarta-feira

A Lei
Gl 2.16; 3.11; 6.13

At 13:38-39; Rm 1:17; 3:20

Um grupo de mestres judeus insistia que os crentes não-judeus deveriam obedecer à lei judaica e às regras tradicionais. Esses mestres acreditavam que uma pessoa seria salva se obedecesse à Lei de Moisés (com ênfase na circuncisão, que era o sinal da aliança com Deus), além da fé em Cristo. Paulo se opunha a eles mostrando que a lei não podia salvar ninguém.

Não podemos ser salvos por obedecer à lei do Antigo testamento, nem mesmo aos Dez Mandamentos. A lei serve apenas como uma diretriz para indicar a necessidade que temos do perdão. Cristo cumpriu as obrigações da lei em nosso lugar. Devemos nos voltar a Ele para que sejamos salvos. Somente Ele pode nos tornar justos diante de Deus.

Declarações sobre a Lei no livro de Gálatas:

A lei não é baseada na fé, mas na prática (Gl 3.12). Porém, os que pensam encontrar justificação pela prática da lei estão debaixo de maldição (Gl 3.10). Pois quem se obriga a se justificar pela prática da lei está obrigado a cumprir toda a lei, não somente alguns mandamentos selecionados (Gl 5.3). Quem anda pelo caminho da prática da lei renuncia à graça de Cristo (Gl 5.4). Pois se a justiça viesse da Lei Cristo morreu inutilmente (Gl 2.21).

Ninguém é justificado pela prática da lei (Gl 2.16; 3.11; 6.13). A Lei de Moisés não anula a aliança nem invalida a promessa feita por Deus gratuitamente à Abraão (Gl 3.17-18). A Lei foi dada com o propósito de conter e julgar a transgressão até que chegasse o cumprimento da promessa de Deus (Gl 3.19). A Lei não pode conceder vida, portanto não pode substituir, nem se opor à promessa de Deus (Gl 3.21). A Lei mantem todos em prisão até a chegada da revelação da fé (Gl 3.23). A Lei nos mantem na linha até a chegada de Cristo (Gl 3.24).

No tempo apropriado Deus enviou seu Filho para cumprir a Lei, a fim de redimir os que estavam sob a lei e para que recebessem a adoção de filhos (Gl 4.4-5). Cristo levou sobre si a nossa maldição para nos redimir da maldição da Lei (Gl 3.13). Quem está em Cristo, morreu para a Lei (Gl 2.19).

Não recebemos o Espírito e todo o Seu poder pela prática da lei (Gl 3.2,5). A verdadeira prática da lei restaurada em Cristo é governada pelo Espírito (Gl 6.2) e se cumpre no princípio do amor ao próximo (Gl 5.14), manifestado no cuidado e no serviço uns aos outros (Gl 6.2).

ORE POR:
- Ozeane e Família;
- Pr Roberto e Carla (IEB Praia);
- Miss.Karolaine de Jesus Ferreira - Radical Cristolândia;
- Miss. Laura Silva - África;
- Fim da exploração do trabalho contra adolescentes;
- Agentes Penitenciários

LEIA MAIS A BÍBLIA:

3/9, quinta-feira

A Fé
Gl 3.24-25

Mt 5:17; Rm 10:4; Cl 2:17

Somos salvos do Juízo de Deus e do castigo do pecado pela bondosa graça, que nos dá a salvação. Recebemos a salvação por meio da fé da confiança em Deus e no sacrifício de Jesus Cristo por nós e nada mais. Tornar-se cristão não está, de forma alguma, baseado em nossa própria iniciativa, em uma sábia escolha ou em nosso bom caráter. Somente nos tomamos justos diante de Deus pela fé nEle.

Sua aceitação por parte de Deus começa com sua crença em Jesus, e somente em Jesus. Você nunca deve acrescentar nada ou distorcer essa verdade. Somos salvos pela fé, e não pelas boas obras que praticamos. Será que você colocou toda a sua fé e confiança em Cristo? Somente Ele pode lhe perdoar e levá-lo a um bom relacionamento com Deus.

Declarações sobre a Fé no Livro de Gálatas:

A justificação vem mediante a fé em Jesus Cristo. Quem crê em Cristo é justificado pela fé em Cristo (Gl 2.16)

A lei e a fé têm funções diferentes (Gl 3.12). A fé em Cristo nos retira da custódia da lei (Gl 3.23), pois em Cristo somos justificados pela fé e já não estamos mais sob o controle da lei (Gl 3.24-25). Nenhuma obra humana tem valor se não feita em amor pela fé em Cristo (Gl 5.6).

É o Espírito quem produz em nós essa fé que nos dá a esperança da justiça (Gl 5.5). E foi pela fé na Palavra que recebemos o Espírito e o seu poder. (Gl 3.2,5). Pela fé, em Cristo, a benção de Abraão, que é a promessa do Espírito, chega a todos os povos da terra (Gl 3.14). Pela fé em Jesus Cristo, a promessa é dada aos que creem em Cristo (Gl 3.22).

Os filhos de Abraão são os que são da fé em Cristo, dentre todas as nações, sendo abençoados com Abraão (Gl 3.7-9).

Só somos filhos de Deus mediante a fé em Cristo Jesus (Gl 3.26). O justo viverá pela fé (Gl 3.11). Vivemos pela fé no filho de Deus (Gl 2.20). Devemos exercitar as obras da fé iniciando pela família da fé (Gl 6.10).

ORE POR:
- Ozelane e Família;
- Ev Ronaldo e Elissandra (IEB Paripe);
- Leandro Oliveira Souza - Radical Cristolândia;
- Miss. Letícia Herrán Gómez - Cuba;
- Melhor educação para os jovens;
- Administração dos Presídios

LEIA MAIS A BÍBLIA:

4/9, sexta-feira

A Liberdade
Gl 2.4

Rm 8:15

O livro de Gálatas representa nosso alvará de liberdade cristã. Não estamos sob a jurisdição das leis e das tradições judaicas, nem sob a autoridade de Jerusalém. A fé em Cristo é portadora da verdadeira liberdade do pecado e da fútil tentativa de nos tornarmos agradáveis a Deus apenas observando a lei.

Somos livres em Cristo. No entanto, essa liberdade é um privilégio. Não somos livres para desobedecer a Ele ou praticar a imoralidade, mas somos livres para servir ao Cristo ressuscitado. Devemos usar essa liberdade para amar e servir, e não para praticar o mal.

Declarações sobre a Liberdade no livro de Gálatas:

Temos liberdade em Cristo Jesus, e há muitas pessoas que se infiltram em nosso meio para espionar essa liberdade e nos reduzir à escravidão (Gl 2.4). Cristo nos libertou para vivermos a liberdade, portanto, devemos permanecer firmes nessa liberdade, não deixando que nada nem ninguém nos coloque novamente sob um jugo de escravidão (Gl 5.1). Fomos chamados para viver a liberdade, mas isso não significa satisfação à vontade da carne, significa, na verdade, servir uns aos outros mediante o amor (Gl 5.13).

ORE POR:
- Renan e Família;
- Mis Shirley (CRU Londres);
- Miss. Pedro Henrique Barbosa Ribeiro - Radical Cristolândia;
- Miss. Levi Lopes - Ásia;
- Mais oportunidades de emprego para os jovens;
- Pastorais nos Presídios

LEIA MAIS A BÍBLIA:

5/9, sábado

O Espírito Santo
Gl 5.25

Rm 8:1,4-5; Fp 3:3

Tornamo-nos cristãos pela obra do Espírito Santo. Ele nos traz uma nova vida. Até mesmo a nossa fé é uma dádiva concedida por Ele. O Espírito Santo instrui, orienta, dirige e nos dá poder. Ele nos liberta da escravidão aos desejos pecaminosos e desperta em nós amor, alegria, paz e muitas outras mudanças maravilhosas.

Ao guiar-nos, o Espírito Santo está produzindo seu fruto em nós. Da mesma maneira com o somos salvos pela fé, e não pelas obras, também crescemos pela fé. Por crermos, podemos ter o Espírito de Deus dentro de nós, ajudando-nos a viver para Cristo. Obedeça a Cristo seguindo a orientação do Espírito.

Declaração sobre o Espírito Santo no livro de Gálatas:

Pela fé na Palavra de Deus recebemos o Espírito Santo (Gl 3.2). Deus dá o seu Espírito e opera milagre entre os que pela fé recebem a sua Palavra (Gl 3.5).

A promessa do Espírito é a benção de Abraão que em Cristo chega a todas as nações (Gl 3.14). Deus enviou o Espírito de seu Filho aos corações dos que são seus filhos pela fé (Gl 4.6). Mediante o Espírito aguardamos pela fé a justiça que é a nossa esperança (Gl 5.5). Até agora os filhos nascidos segundo o Espírito são perseguidos (Gl 4.29).

Não dá para começar a vida com Deus pelo Espírito e buscar a perfeição pelo esforço próprio (Gl 3.3). Quando vivemos pelo Espírito de modo nenhum satisfaremos os desejos da carne (Gl 5.16). O Espírito deseja o que é contrário à carne, está em conflito com ela (Gl 5.17).

Quem é guiado pelo Espírito não está debaixo da lei (Gl 5.18). O fruto do Espírito se manifesta em um caráter virtuoso, que está em concordância com a lei (Gl 5.22-23). Se vivemos pelo Espírito, andemos também pelo Espírito (Gl 5.25). Quem semeia para a sua carne, da carne colherá destruição; mas quem semeia para o Espírito, do Espírito colherá a vida eterna (Gl 6.8).

ORE POR:
- Risonaldo e Família;
- Povo Chopi (Moçambique);
- Miss. Rafael Coelho Mendes Martins - Radical Cristolândia;
- Miss. Lia Coutinho Lemos - África;
- Diminuição da violência contra os jovens;
- Fim das Facções

LEIA MAIS A BÍBLIA: