Ligados na Evangélica 22 de novembro de 2020

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on pinterest
Share on twitter
Share on email
Share on print

É Preciso Intimidade com Cristo para multiplicar discípulos

É a vida de Cristo em nós que nos possibilita a realidade da frutificação, da multiplicação de discípulos. Sem comunhão com Cristo não há frutificação para a glória de Deus.

Precisamos crescer em intimidade com Jesus e um dos efeitos desse movimento será termos em nossos corações o amor de Cristo pelas pessoas, o que nos levará a proclamar o evangelho com ousadia.

Avisos

Devocional Encontro com Deus

De seg à sáb, 5h

@iebsr

Culto Vida na Palavra

25/11, quarta-feira, 19h30

Culto Presencial

Transmitido ao vivo

@iebsr

Oração Líderes de Células

26/11, quinta-feira, 19h30

Online pelo Google Meet

Culto da Juventude

28/11, sábado, 19h30

Culto Presencial

Celebração de Domingo
Ceia do Senhor

29/11, 18h

Culto Presencial

Transmitido ao vivo

@iebsr

Contribua com a Ação Social IEBSR

Traga a sua doação de alimentos aos Cultos

Conta Bancária para Contribuição

Banco: Caixa Econômica Federal
Agência: 1010
Operação: 013
Conta: 1082-0
Titular: Igreja Evangélica Batista de João Pessoa

Próximos Aniversariantes

Devocional Encontros com Deus

23/11, segunda-feira

A Possibilidade de Produzir Frutos
Jo 15.5

É a permanência em Jesus que nos habilita a frutificar.

Assim como nenhum galho de uma árvore tem a mínima possibilidade de produzir um fruto se não estiver diretamente ligado ao tronco, Jesus está dizendo que quem não permanece nele não produz fruto.

É a nossa união com Cristo que torna possível uma vida através da qual os outros possam ser salvos.

Quando um cristão está cheio de Cristo, os outros o veem, e ouvem a respeito dele, e então são renascidos espiritualmente no reino de Deus.

Há na vida do crente o fruto interno, obra do Espírito, transformando as estruturas interiores profundas do ser humano. Mas Jesus diz que devemos “ir e dar fruto”.

Comprometa-se com Deus em crescer em intimidade com Jesus. Peça ao Senhor para que os seus discípulos também cresçam em comunhão com Jesus.

ORE POR:

  • Pr. Júnior e Kamila;
  • Pr. Tomaz e Sônia;
  • Miss. Nelson e Ivone Silva – Alianças Estratégicas;
  • Miss. Obel Matos Cantillo – Cuba;
  • Congregação Evangélica Batista em Paripe – Conde;
  • Líderes das casas de recuperação;
  • Hosp. Metropolitano Dom José Maria Pires

LEIA MAIS A BÍBLIA:

24/11, terça-feira

Chamados para Frutificar
Jo 15.16

Jesus nos escolheu para irmos e darmos fruto, isso significa que esse fruto, além da obra interior do Espírito, é a colheita de vidas para o Reino de Deus

Discípulos são os frutos, os frutos que permanecem para a vida eterna. Os discípulos que produzirmos permanecerão por toda a eternidade.

O Pai se agradar em conceder a nós vidas para o Seu Reino quando esse é o nosso clamor em sua presença. É da vontade de Deus que alcancemos muitas vidas para Ele.

Apresente ao Senhor as vidas que você deseja alcançar. Interceda para que as barreiras nos corações possam ser derrubadas e que o evangelho possa ser compreendido por essas pessoas.

ORE POR:

  • Rose e Família;
  • Pr. João Holanda e Eliete;
  • Miss. Diego Carneiro Baliero – Radical Amazônia;
  • Miss. Olvys Gamez Rodriguez – Cuba;
  • Primeira igreja Batista no Alto do Mateus – João Pessoa;
  • Voluntários das casas de recuperação;
  • Unidade Mista de Aguiar

LEIA MAIS A BÍBLIA:

25/11, quarta-feira

Frutificar Identifica o Discípulo
Jo 15.8

Produzir frutos glorifica a Deus, mas também, caracteriza nosso pertencimento ao grupo dos discípulos de Cristo.

Todo discípulo de Cristo que é sadio em sua vida espiritual naturalmente se dispõe a produzir frutos de vidas sendo alcançadas para Cristo.

Frutificar em vidas para a eternidade é uma das maiores alegrias para um discípulo de Cristo.

A única esperança de frutificarmos está em permanecermos em Jesus.

Peça ao Senhor que a vida de Cristo flua através de você e dos seus discípulos e alcance muitas pessoas.

ORE POR:

  • Mary e Família;
  • Pr. Joaquim (Moçambique);
  • Miss. Leidiane Vitor da Silva – Radical Amazônia;
  • Miss. Omar López – Cuba;
  • Primeira Igreja Batista no Bairro das Indústrias – João Pessoa;
  • Diminuição da distribuição de drogas;
  • Hosp. Luiz Alexandriano da Silva (Belém)

LEIA MAIS A BÍBLIA:

26/11, quinta-feira

Cresça em Intimidade com Cristo
Jr 29.13

Você precisa crescer a cada dia em intimidade com Jesus, e deve ser um incentivador para seus discípulos estarem mais íntimos de Jesus.

Temos intimidade com Jesus através da oração, da devocionalidade, da adoração, da busca.

Tome as seguintes ações para estimular a si mesmo e aos seus discípulos a permanecerem ligados à Videira.

  • Tenha e desafie a ter uma intimidade crescente com Jesus;
  • Invista e incentive a ter um tempo específico para a atividade devocional diária, onde seja possível se desligar das outras coisas para ficar em comunhão com Jesus;
  • Aprenda e ensine sobre as verdades bíblicas acerca da intimidade com Deus;
  • Busque e oriente a buscar em cada texto lido, lições para o dia a dia;
  • Crie e incentive a criar o hábito de registrar as experiências com Deus.

Nenhuma atividade ou mesmo preparo substitui a necessidade de o discípulo ter intimidade com Jesus para poder multiplicar novos discípulos.

Comprometa-se com Deus em investir um tempo diário para a busca da comunhão com Jesus através da oração, da adoração e da leitura, estudo e meditação na Palavra.

ORE POR:

  • Neide e Família;
  • Pr. Jone e Leide (IEB Pilões);
  • Miss. Anderson Luis Santos da Silva – Radical Metropolitano;
  • Miss. Onidis Suarez – Cuba;
  • Igreja Batista do Bairro dos Estados – João Pessoa;
  • Combate ao tráfico de drogas;
  • Hosp. Severino Veriato (Bom Sucesso)

LEIA MAIS A BÍBLIA:

27/11, sexta-feira

Barreiras à Multiplicação
Atos 2.1-11; 5.27-29

Mesmo que o discípulo tenha nascido de novo, ouça e compreenda a Palavra de Deus, e venha buscando ter uma intimidade com o Senhor, algumas barreiras surgirão para que o discípulo não multiplique por meio da proclamação do evangelho.

A BARREIRA NA COMUNICAÇÃO

Algumas barreiras na comunicação que podemos enfrentar:

  • Dificuldades de assimilação;
  • Dificuldades na leitura da Palavra;
  • Falta de tempo;
  • Impedimento, por parentes, de nos ouvirem;
  • Dificuldades de orar;
  • Traumas a serem superados;
  • Dificuldades em perdoar;
  • Abusos e feridas do passado;
  • Resistência à igreja;
  • Luto;
  • Famílias desestruturadas;

Deus tem poder para nos ajudar a superar todos esses desafios e transformá-los em oportunidade para a proclamação do evangelho

A PROIBIÇÃO AO ANÚNCIO DO EVANGELHO

É possível encontrarmos a barreira do proibição do anúncio do evangelho como durante a história da igreja já aconteceu várias vezes e acontece ainda hoje em alguns lugares.

Porém, mesmo diante da proibição ao ensino do evangelho, o referencial bíblico nos estimula a continuar anunciando a salvação em Jesus.

Precisamos sempre lembrar que a proibição do anúncio do evangelho sempre será uma barreira possível de se levantar em nossos tempos.

Apresente ao Senhor as barreiras que você tem identificado durante a sua ação evangelística.

ORE POR:

  • Samuel e Família;
  • Pr. José Arimateia (IEB Cuitegi);
  • Miss. Rodrigo Pereira Florenzano – Radical Sul;
  • Miss. Orlando De La Fuente – Cuba;
  • Igreja Evangélica Batista nos Bancários – João Pessoa;
  • Fim da corrupção;
  • Hosp. Regional de Cajazeiras

LEIA MAIS A BÍBLIA:

21/11, sábado

Barreiras da perseguição e da má compreensão da missão
2Tm 3.12; Atos 1.8

BARREIRA DA PERSEGUIÇÃO

A Igreja sempre enfrentou a barreira da perseguição, recheada com violência e expulsão.

A postura que encontramos sendo praticada pela igreja primitiva em meio à perseguição, e deve ser seguida, é a continuação da proclamação do evangelho de Jesus Cristo em qualquer lugar.

Precisamos perceber que mesmo em meio à perseguição podemos encontrar oportunidades para proclamar o evangelho.

MÁ COMPREENSÃO DA MISSÃO

Sempre houve na igreja equívocos na perspectiva da missão.

Jesus deixou clara a abrangência com deveria ser cumprida a missão de testemunharmos do evangelho em Atos 1.8, mas desde a primeira geração até agora, temos tido muita dificuldade para cumprir essa ordem clara.

Na experiência de Pedro com Cornélio aprendemos algumas lições:

  • Muitas vezes a maior barreira para a proclamação do evangelho é nossa má compreensão da nossa missão;
  • Há pessoas esperando por nossa obediência à missão para conhecerem Jesus;
  • Deus orquestra as circunstâncias para alcançarmos pessoas fora da nossa realidade cotidiana;
  • A Bíblia nos estimula a termos uma postura ousada na proclamação do evangelho;
  • Todo empreendimento evangelístico direcionado por Deus produzirá frutos incontestáveis de salvação;
  • Precisamos de sensibilidade para ouvir o direcionamento do Espírito na realização da ação evangelística.
  • É indispensável obedecermos à voz de Deus sempre que formos conduzidos à missão de ensinar a Palavra a alguém.
Peça ao Senhor que as barreiras em seu interior para o cumprimento da missão caiam completamente, e que você possa ser renovado em compromisso e ousadia para proclamar o evangelho às pessoas.

ORE POR:

  • Sandra Maria e Família;
  • Pr. Josué e Marliete;
  • Miss. Antonio Marcos Pereira Viana – Radical Metropolitano;
  • Miss. Orlando Hernandez Gonzalez – Cuba;
  • Primeira Igreja Batista nos Bancários – João Pessoa;
  • Prefeitos e Secretários;
  • Hosp. Clementino Fraga

LEIA MAIS A BÍBLIA: