Share on whatsapp
Share on facebook
Share on pinterest
Share on twitter
Share on email
Share on print

16/4, sexta-feira

Falar

Mesmo tendo “direito ao juízo privado”, isto não significa que devamos tomar todas as nossas decisões sozinhos. Pelo contrário, Deus nos concedeu uns aos outros em sua família. Portanto, devemos ser humildes o suficiente para falar uns com os outros, inclusive os nossos pais, e buscar o seu conselho.

Pv 13.10

O orgulho só gera discussões, mas a sabedoria está com os que tomam conselho.

Que as nossas decisões sejam tomadas em grupo, assumidas com responsabilidade na rica comunhão em que Deus nos colocou.

Pensar

Precisamos assumir a responsabilidade de tomar decisões.

Sl 32.8-9

8 Eu o instruirei e o ensinarei no caminho que você deve seguir; eu o aconselharei e cuidarei de você. 9 Não sejam como o cavalo ou o burro, que não têm entendimento mas precisam ser controlados com freios e rédeas, caso contrário não obedecem.

Deus promete nos guiar com instrução para facilitar a tomada de decisão, e nos proíbe de nos comportarmos como cavalos e mulas, que não têm entendimento.

Deus não quer nos guiar utilizando “freio e rédeas”, isto é, por meio da força, ou nos dando uma intuição irracional; ele nos guia por meio da mente que nos deu e que nos possibilita pesar cuidadosamente, em cada situação, os prós e os contras.

Esperar

É um erro apressar-se e ficar impaciente com Deus. Ele levou cerca de dois mil anos para cumprir sua promessa a Abraão no nascimento de Cristo. Levou oitenta anos preparando Moisés para o trabalho de sua vida. São necessários uns vinte e cinco anos para um ser humano chegar à maturidade.

Se temos que tomar uma decisão dentro de um certo prazo, devemos fazê-lo. Mas, caso contrário, e se o caminho à nossa frente ainda é incerto, o mais sábio é esperar.

Mt 2.13

Depois que partiram, um anjo do Senhor apareceu a José em sonho e disse-lhe: “Levante-se, tome o menino e sua mãe, e fuja para o Egito. Fique lá até que eu lhe diga, pois Herodes vai procurar o menino para matá-lo”.

Devemos confiar na orientação de Deus assim como José e Maria.

Cometem-se muito mais erros por causa de precipitação do que de protelação.

ORE:

  • Para compreender e viver a vontade de Deus em sua vida.

ORE POR:

  • Mary e Família;
  • Agnise;
  • Miss. Jessica Gonçalves da Silva Almeida – Radical Cristolândia;
  • Miss. Sitapha Diatta – África;
  • Congregação Batista em Nova Vida – Pitimbú;
  • Fim dos furtos;
  • Líderes das casas de recuperação

LEIA MAIS A BÍBLIA: