Chamados a testemunhar, para o sofrimento e para glória

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on pinterest
Share on twitter
Share on email
Share on print

22/4, quinta-feira

Somos chamados a testemunhar

1Pe 2.9

Vocês, porém, são geração eleita, sacerdócio real, nação santa, povo exclusivo de Deus, para anunciar as grandezas daquele que os chamou das trevas para a sua maravilhosa luz.

Vivíamos nas trevas, mas agora estamos na luz. Não éramos povo, mas agora somos povo de Deus. Não tínhamos alcançado misericórdia, mas agora, sim.

Não podemos de maneira alguma guardar estas bênçãos para nós mesmos. Tendo sido chamados para a luz de Deus, somos chamados para fazer brilhar a nossa luz.

Somos chamados para o sofrimento

1Pe 2.20-21

20 Pois que vantagem há em suportar açoites recebidos por terem cometido o mal? Mas se vocês suportam o sofrimento por terem feito o bem, isso é louvável diante de Deus. 21 Para isso vocês foram chamados, pois também Cristo sofreu no lugar de vocês, deixando-lhes exemplo, para que sigam os seus passos.

Como os cristãos deveriam reagir se sofressem injustamente? Eles tinham sido chamados para seguir o exemplo de Cristo, da não-retaliação.

Muita gente fica chocada ao saber que sofrimento injusto é uma parte inevitável do chamado cristão. Mas o próprio Jesus nos advertiu sobre isso:

Jo 15.18, 20

18 “Se o mundo os odeia, tenham em mente que antes odiou a mim.

20 Lembrem-se das palavras que eu lhes disse: nenhum escravo é maior do que o seu senhor. Se me perseguiram, também perseguirão vocês. Se obedeceram à minha palavra, também obedecerão à de vocês.

Somos chamados para glória

O chamado cristão é uma “vocação celestial” (Hb 3.1; cf. Fp 3.14).

1Pe 5.10

O Deus de toda a graça, que os chamou para a sua glória eterna em Cristo Jesus, depois de terem sofrido durante pouco de tempo, os restaurará, os confirmará, lhes dará forças e os porá sobre firmes alicerces.

Sofrimento e glória estão constantemente ligados um ao outro no NT. Foi por intermédio do sofrimento que Jesus entrou em sua glória, e conosco não há de ser diferente.

Rm 8.17

Se somos filhos, então somos herdeiros; herdeiros de Deus e co-herdeiros com Cristo, se de fato participamos dos seus sofrimentos, para que também participemos da sua glória.

Portanto, o chamado de Deus não é apenas para esta vida; é também para passarmos a eternidade com ele no novo universo.

Eis aqui, pois, o chamado global de Deus, desdobrado em sete aspectos. Deus chama a todos nós para Cristo, para a liberdade, a paz, a santidade, o testemunho, o sofrimento e a glória. Mais simplesmente, é um chamado para pertencermos a Cristo no tempo e na eternidade, para amarmos uns aos outros na paz de sua nova comunidade e para servirmos, testificarmos e sofrermos no mundo. É este o sentido fundamental da “vocação cristã”.

E a mesma coisa para todos nós, e nós somos exortados a viver uma vida digna dessa vocação:

Ef 4.1

Como prisioneiro no Senhor, rogo-lhes que vivam de maneira digna da vocação que receberam.

ORE:

  • Para compreender e seguir a vocação de Deus em sua vida;
  • Para ter uma maior comunhão com Cristo;
  • Para viver a liberdade de Cristo;
  • Para ter paz com as pessoas;
  • Para viver em santidade;
  • Para obedecer ao chamado para testemunhar de Cristo;
  • Para receber a graça de Deus para enfrentar o sofrimento;
  • Para renovar a esperança em nosso chamado celestial.

ORE POR:

  • Sandra Maria e Família;
  • Antonio Case e Goreth;
  • Miss. Iasmim Pinheiro Santos – Radical Cristolândia;
  • Miss. Tatiana Macedo Moulié – Gâmbia;
  • Primeira Igreja Batista em Forte Velho;
  • Pessoas com Surdez;
  • Prefeitos e Secretários

LEIA MAIS A BÍBLIA: